conecte-se conosco

POLÍTICA

Coágulo no coração de Bruno Covas diminui e quadro do prefeito é estável

Publicado

source
Covas arrow-options
Rovena Rosa/Agência Brasil

Covas deverá ser submetida à segunda sessão de quimioterapia na próxima semana.

Exame realizado nesta sexta-feira mostrou que o coágulo encontrado esta semana no coração do prefeito de São Paulo, Bruno Covas , reduziu de tamanho. Ele deverá ser submetido à segunda sessão de quimioterapia na próxima semana.

Leia também: Juiz determina soltura de Lula da Polícia Federal de Curitiba 

As informações são do boletim médico divulgado nesta sexta-feira. A equipe que cuida do prefeito informou que o quadro de saúde dele é estavel. O prefeito permanece com o tratamento com anticoagulantes e um ecocardiograma indicou que o coágulo encontrado na última segunda-feira no átrio direito está diminuindo. “No início da próxima semana ele passará por uma reavaliação para que tenha início a segunda sessão de quimioterapia”, informou o boletim.

Covas está internado desde o último dia 23 no Hospital Sirio-Libanês, na capital paulista. Ele deu entrada no hospital com um quadro de erisipela, que evoluiu para trombose e embolismo pulmunar. Na busca de um diagnóstico mais aprofundado sobre as complicações, os médicos descobriram um câncer no aparelho digestivo com lesões no sistema linfático e no fígado.

Leia mais:  Trapalhadas dos filhos colocam governo de Bolsonaro em xeque no Congresso

No último dia 29, o prefeito foi submetido à primeira sessão de quimioterapia. Inicialmente, foram prescritas três sessões do tratamento. O intervalo entre elas é de duas semanas.

A permanência de Covas no hospital deve-se ao tratamento para controlar o quadro de trombose e não pelo diagnóstico de câncer. Na segunda-feira desta semana ele teve detectado um novo coágulo no átrio direito.

Leia também: Vigília por Lula tem adesão até de policiais federais à espera de soltura 

A formação de coágulos é um quadro comum em pacientes com câncer, segundo o diretor de Promoção de Saúde Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Fernando Costa.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Bolsonaro nega mudanças em ministérios e elogia trabalho de Weintraub

Publicado

por

source

Agência Brasil

Bolsonaro arrow-options
José Dias/PR – 19.11.19

Bolsonaro classificou o trabalho do atual ministro da Educação como ‘excelente’


Leia também: Bolsonaro afirma que vai incluir policiais condenados em indulto natalino

O presidente Jair Bolsonaro negou que vá trocar de ministérios no início do ano que vem. A jornalistas, ele afirmou que não há nada que o leve a tirar alguém do primeiro escalão. “Não está previsto [mudança em ministérios]. Não tem nada que me leve a trocar um ministro que seja”, disse em Brasília, neste sábado (14) ao passear pela Praça dos Três Poderes, no centro da capital.

Ele também elogiou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Considerou seu trabalho “excelente” e os acusou governos anteriores de conduzirem a educação “por um mau caminho”. “Olha a prova do Pisa. Foi feito em abril do ano passado, uma das piores notas do mundo todo”, disse  Bolsonaro , referindo-se ao Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa).

Divulgado no início de dezembro pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Pisa aponta que, em 2018, o Brasil teve uma leve melhora nas pontuações de leitura, matemática e ciências. No entanto, apenas dois em cada 100 estudantes atingiram os melhores desempenhos em pelo menos uma das disciplinas avaliadas.

Leia mais:  Lula tem pedido de suspensão negado no caso do sítio de Atibaia

O presidente deixou o Palácio da Alvorada, no início da tarde deste sábado, em direção à festa de confraternização do gabinete do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli. Em seguida, ele foi ao Hospital das Forças Armadas (HFA) visitar um funcionário do Alvorada, que está internado em virtude de um acidente de trânsito.

Leia também: Com 1 ano de governo, Bolsonaro segue em campanha e é pouco aprovado

Antes de retornar à residência oficial, Bolsonaro fez duas paradas. A primeira na Esplanada dos Ministérios para cumprimentar policiais militares que davam plantão no local. Logo depois seguiu para a Praça dos Três Poderes. Lá, desceu do carro e tirou fotos com várias pessoas que lá estavam, entre turistas e vendedores de picolés. Em seguida, voltou para o Alvorada.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana