conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

Casa PANC abre as portas para o público neste domingo, dia 15

Publicado

Programação abrange oficinas e apresentações, além da venda de mudas; evento também contará com uma feira de produção local e um brechó colaborativo

No próximo domingo (dia 15), a Casa PANC abre novamente as suas portas para o público interessado em conhecer o espaço (localizado na rua Bahia, 2877 – esquina com a rua Tibagi). O evento, com início a partir das 15 horas, contará com uma programação diversificada, com temática voltada ao universo das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC).

Durante a programação está prevista uma oficina de tinta de terra para crianças, seguida por um ensaio aberto de maracatu com o grupo Mucambo. Simultaneamente, ocorrerá a venda das PANC (mudas e prontas para consumir), entre elas Feijão-borboleta, Saião, Ora-pro-nóbis, Hortelã-do-norte, Capuchinha e Peixinho-da-horta, além de kokedamas e arranjos com ervas aromáticas. 

O local contará ainda com um brechó colaborativo, com peças sob a curadoria do Coletivo Arara. Entre os parceiros que estarão na feira de produção local, marcarão presença com seus trabalhos Juliana Hurtado e Renan Santos (Oca Redesign), Elen Nishida (Folharal), Carol Pontes (Horta da Estrela), Lucas Damazio, Edgard Andreatta, Alexandre Guerra, Tai Aragão, Fernanda Bordon (Noh Ateliê) e Ramony Bazilio (Óhchá Infusões Terapêuticas). A iniciativa é uma realização da Flor do Cerrado Arquitetura e Paisagismo e da Taioba Cultura e Meio Ambiente.

Outras informações podem ser obtidas pelo Facebook fb.me/casapanc, pelo Instagram @casapanc.votu e pelo WhatsApp (17) 98101-5534.

Quem somos

A Casa PANC é a sede oficial da Flor do Cerrado Arquitetura e Paisagismo e da Taioba Cultura e Meio Ambiente, projetos desenvolvidos pela arquiteta e paisagista Mariana Grandizoli e pela bióloga Paola Verssuti (respectivamente). Na assinatura de suas propostas, Mariana leva aos seus clientes o conceito: arquitetura para as pessoas e para o meio ambiente. Paola, por sua vez, desenvolve iniciativas educativas com crianças e jovens, inserindo em seus cotidianos temas como Agroecologia, PANC e Cultura Popular Brasileira, entre outros.

 

Leia mais:  PM, Ministério Público e secretário falam sobre confronto com ambulantes em Uberlândia

PROGRAMAÇÃO:

Casa PANC Aberta

Data: 15 de dezembro (domingo)

15 horas: abertura

15h30: oficina de tinta de terra para crianças

17 horas: ensaio aberto de maracatu com o grupo Mucambo

Local: Casa PANC (rua Bahia, nº 2.877 – esquina com a rua Tibagi, Votuporanga-SP)

Entrada gratuita

Comentários Facebook
publicidade

ITURAMA E REGIÃO

Porco com tromba de elefante e um olho só nasce em Votuporanga

Publicado

Os donos de uma propriedade rural em Votuporanga tiveram uma surpresa curiosa depois que um filhote de porco com anomalias e mutação parecida com uma ‘tromba de elefante’ nasceu na madrugada de segunda-feira (10). O animal já estaria morto durante o parto e foi encontrado no início da manhã. Além dele a porca teve oito filhotes normais.

Segundo o proprietário, Clóvis Jesus, esta é a segunda vez em que a porca deu cria e não houve nenhuma anomalia em nenhum dos outros leitões. “É uma coisa muito estranha, nunca tinha visto algo parecido. Ele nasceu com uma trombinha na ponta do nariz e um olho no meio da testa”, disse Clóvis.

Especialista

O jornal A Cidade procurou o coordenador do curso de Medicina Veterinária da Unifev, Prof. Me. Ariangelo Geraldo Nunes da Fonseca, que conta que casos como esses são muito raros. “É bem raro. Se for algo apenas estético, ele vai viver normalmente, mas se isso afeta a calota craniana o cérebro ele não vai ter uma sobrevida saudável. Ou seja, depende do que está comprometido, se é estética, pele ou crânio”, disse o profissional.

Leia mais:  PM, Ministério Público e secretário falam sobre confronto com ambulantes em Uberlândia

No mundo

Como disse Ariangelo, o fenômeno é raro, porém casos semelhantes já foram registrados na China, Argentina e até no Brasil. Em território nacional os registros foram no Ceará, Paraíba e também em Alagoas. Em todos os casos, porém, eles tinham dois olhos e orelhas avantajadas, semelhantes a de um elefante. Todos já nasceram mortos.
Neste ano foi registrado um caso sudoeste da China, o animal nasceu de uma cria de 20 porcos que não tiveram nenhum tipo de anormalidade.

À época o caso repercutiu no mundo inteiro e o leitão foi doado para que estudos científicos pudessem esclarecer o que levou a tal tipo de mutação.

 

Por: A Cidade

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana