conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE

Publicado em

CIÊNCIA E SAÚDE

O Ministério da Saúde iniciou no dia 23/03 a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. Para isso, foram adquiridas 75 milhões de doses da vacina, que já estão sendo enviadas aos estados.

Neste ano, o Ministério da Saúde mudou o início da campanha, de abril para março, para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde. Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira etapa da campanha contempla esse público.

Leia mais:  Justiça determina que Uniube reduza valores das mensalidades durante o período de pandemia

A etapa seguinte da campanha terá início no dia 16 de abril com objetivo de vacinar doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Para viabilizar a campanha, o Ministério da Saúde investiu R$ 1 bilhão na aquisição de 75 milhões de doses da vacina. Até o momento, a pasta enviou aos estados 15 milhões de doses e mais 4 milhões serão distribuídas até o final de março. A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe envolve as três esferas gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS), contando com recursos da União, das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

Leia mais:  Iturama: Flexibilização do Decreto Estadual

Agência da Saúde – Ministério da Saúde

VACINAÇÃO EM ITURAMA

De acordo com a coordenadora de imunização Aline Bastos Mustafé, o munícipio está recebendo a vacina por remessa e esgotou todas as doses. Nesta segunda e terça não tem vacina disponível e a previsão é que as Unidades de Saúde do município sejam reabastecidas na próxima quarta-feira, dia 01 de abril.

Aline frisa que os idosos só devem procurar as unidades de saúde somente quando chegar as doses. Ela, ainda lembra que deve evitar aglomerações de pessoas como é orientado para evitar a propagação do Covid 19.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Rejane Queiroz, as equipes estão capacitadas para dar todas as orientações e também adotou a estratégia de drive-thru, onde os idosos não precisa descer do carro para receber a dose. Essas medidas garante o distanciamento social orientado para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

 

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Capacitação para agentes de endemias em Carneirinho

Publicados

em

Na manhã de hoje (22), os Agentes de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Carneirinho participaram de uma capacitação de como usar como usar veneno pra matar as larvas em reservatórios e recipientes.

De acordo com o Diretor de Vigilância Sanitária e Epidemiologia, Fábio Souza Ribeiro (Fabio Caixeta), antes o produto utilizado era em pó e agora é em comprimido.

Comentários Facebook
Leia mais:  Justiça determina que Uniube reduza valores das mensalidades durante o período de pandemia
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana