conecte-se conosco


POLÍTICA

BTG/FSB: 45% não querem votar em candidatos que defendam porte de arma

Publicado em

POLÍTICA

source
Quase metade dos entrevistados não querem votar em quem defende porte de armas
Banco de Imagens/Pexels

Quase metade dos entrevistados não querem votar em quem defende porte de armas

Pesquisa BTG/FSB  mostra que 45% dos entrevistados não querem votar em candidatos que defendam o porte de arma. Ao mesmo tempo, de acordo com os dados, 62% disseram ter mais chance de votar em quem defende a redução da maioridade penal.

Ainda segundo o levantamento, divulgado nessa segunda-feira (30) , mais da metade dos entrevistados (54%) perde o interesse em quem vai concorrer ao Planalto e seja favorável à legalização do aborto, sendo o tema com mais rejeição entre as pessoas ouvidas pelo instituto.

A pesquisa aponta que a pauta que menos interfere na escolha dos eleitores a um candidato à Presidência é a união de pessoas do mesmo sexo. A defesa do tema não afeta no voto de 48% dos eleitores.

Posicionamento quanto a temas e influência no voto
Divulgação

Posicionamento quanto a temas e influência no voto

Veja o resultado do posicionamento dos entrevistados quanto a temas e influência no voto:

  • Redução da maioridade penal para 16 anos: aumenta – 62% / não faz diferença – 18% / diminui – 17% / NS/NR – 3%
  • Programas sociais de distribuição de renda: aumenta – 61% / não faz diferença – 24% / diminui – 12% / NS/NR – 3%
  • Revogação da reforma trabalhista: aumenta – 41% / não faz diferença – 23% / diminui – 31% / NS/NR – 5%
  • Privatizações: aumenta – 32% / não faz diferença – 28% / diminui – 35% / NS/NR – 5%
  • Porte de armas: aumenta – 28% / não faz diferença – 25% / diminui – 45% / NS/NR – 2%
  • União de pessoas do mesmo sexo: aumenta – 23% / não faz diferença – 48% / diminui – 25% / NS/NR – 3%
  • Redução do tamanho do Estado: aumenta – 20% / não faz diferença – 40% / diminui – 33% / NS/NR – 6%
  • Legalização do aborto: aumenta – 19% / não faz diferença – 23% / diminui – 54% / NS/NR – 4%

Para realizar o levantamento, o instituto ouviu 2.000 eleitores por telefone entre os dias 27 e 29 de maio de 2022. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais, com nível de confiança de 95%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o número TSE: BR-03196/2022.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA

Garcia afirma que Zeina Latif vai coordenar seu programa de governo

Publicados

em

Por

O governador Rodrigo Garcia, que tenta subir nas pesquisas eleitorais
Reprodução/Governo de SP

O governador Rodrigo Garcia, que tenta subir nas pesquisas eleitorais

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), afirmou que a sua secretária de Desenvolvimento Econômico, a economista Zeina Latif, será a coordenadora do seu programa de governo na campanha pela reeleição ao Palácio dos Bandeirantes em 2022.

A afirmação foi feita em entrevista ao vivo para o programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 4. No mesmo bloco da atração, Garcia foi questionado por suas ações para combater a desigualdade de gênero. Como resposta, ressaltou as mulheres que nomeou para cargos de chefia. 

Segundo o governador, mais de 60% dos cargos de chefia do governo de São Paulo são de mulheres atualmente. Garcia ainda afirmou que gostaria de ter uma mulher como vice em sua chapa. “Isso chega a ser um sonho, que vai ser adaptado aos partidos políticos”, disse.

Apesar do discurso, ao ser questionado sobre o direito das mulheres na questão do aborto, Garcia disse ser a favor da legislação atual e fugiu das perguntas mais incisivas, evitando se colocar contra ou a favor a interrupção de gestações por escolha da mulher.

Leia mais:  Bolsonaro amplia poder de Ciro Nogueira para resolver impasses

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana