conecte-se conosco

POLÍTICA

Bolsonaro omitiu comitê de campanha em declaração à Justiça Eleitoral

Publicado

source

IstoÉ

Bolsonaro omitiu comitê de campanha arrow-options
Reprodução

Bolsonaro omitiu comitê de campanha em declaração à Justiça Eleitoral

A equipe de campanha do presidente Jair Bolsonaro omitiu à Justiça Eleitoral um imóvel de 3.500 metros quadrados, que funcionou como Quartel-General (QG) em Belo Horizonte (MG) de setembro a outubro de 2018. As informações são da Folha de S.Paulo .

Leia também: Lula perderia para Bolsonaro e Moro se as eleições presidenciais fossem hoje

Um documento obtido pelo jornal da prefeitura de BH mostra que o imóvel pertence a uma concessionária de veículos. Um dos donos disse à Folha que o imóvel foi “cedido” a um grupo de partidários do então candidato à presidente.

Um deles é o empresário de mineração Abraão Veloso que disse ao jornal que houve apenas um acordo verbal para que o local funcionasse como comitê de uma “campanha espontânea”, mas confirmou que o QG era de conhecimento do comando do partido, sem citar nomes. Veloso ainda disse que não pagou nada pelo prédio, sendo parte de um “termo de comodato”.

Leia mais:  Foto que indicava acesso à casa de Bolsonaro é encontrada no celular de Lessa

O imóvel funcionou como QG da campanha por 51 dias. Como o local tem um aluguel mensal de R$ 95 mil, mais um IPTU de R$ 3.000, o gasto não declarado chega a cerca de R$ 166 mil, o equivalente a 8% de todo gasto oficial declarado por Jair Bolsonaro (R$ 2 milhões).

Leia também: Bolsonaro revoga edital que tirava Folha de S. Paulo de licitação da Presidência

Em nota, a advogada da campanha de Jair Bolsonaro , Karina Kufa, disse que a equipe “jamais teve informação desse suposto comitê”.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Bolsonaro posta novo vídeo contra isolamento social: “Tem que ouvir o povo”

Publicado

por

source

Nesta sexta-feira (03), Jair Bolsonaro atualizou sua conta no Twitter com outro vídeo de apoiadores manifestando insatisfação com o isolamento social – orientação da Organização Mundial da Saúde para conter a pandemia de Covid-19.

Leia também: Bolsonaro diz que auxílio de R$ 600 começará a ser pago na próxima semana

Jair Bolsonaro arrow-options
Reprodução

Jair Bolsonaro

No vídeo, em uma pequena aglomeração de pessoas, um apoiador de Bolsonaro que se apresenta como representante dos comerciantes de Taguatinda, no Distrito Federal, pede o fim do isolamento social

Leia também: Irmão de Bolsonaro tem lotérica e é beneficiado por medida do governo

Em resposta aos apoiadores, o mandatário falou sobre a Covid-19 , comparando a doença com a chuva: “Esse vírus é como a chuva… vai molhar 70% de vocês. O que estão fazendo é adiar [o pico] para ter espaço nos hospitais, mas tem um detalhe: a sociedade não aguenta ficar dois ou três meses parada”.

Leia também: Em entrevista, Bolsonaro defende retorno de atividades na próxima semana

Leia mais:  Moro celebra aprovação do pacote anticrime na Câmara, mas quer mudanças no texto

Após ouvir a manifestação contra o isolamento social de outras pessoas, Bolsonaro declarou: “Tem que ouvir a voz do povo”. Assista o vídeo na íntegra.



Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana