conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Aproximação dos profissionais e da sociedade terá destaque em nova gestão da Inspetoria de Iturama

Publicado

O engenheiro civil João Divino dos Santos Silva, que foi eleito inspetor-chefe em processo consultivo realizado no dia 1º de outubro de 2020, vai conduzir a Inspetoria do Crea-MG pelos próximos três anos

Eleito pelos profissionais de engenharia, agronomia e geociências de Iturama e região, o engenheiro civil João Divino dos Santos Silva estará à frente da Inspetoria do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) pelos próximos três anos como inspetor-chefe local. No processo consultivo, realizado no dia 1º de outubro de 2020, também foram eleitos o engenheiro civil Adilson Pereira de Queiroz como inspetor-secretário e o engenheiro civil José Antônio de Lima Vieira como inspetor-tesoureiro.

João Divino, que também é professor e coordenador do curso de engenharia civil da Faculdade Fama em Iturama, vai coordenar as ações da Inspetoria, que é responsável por seis municípios da região. Em seu primeiro mandato, o engenheiro explica que a proposta de trabalho é aproximar os profissionais de engenharia, agronomia e geociências e mostrar o papel fundamental do Crea na valorização profissional e defesa da sociedade. “Primeiramente, vamos fazer com que os colegas engenheiros participem mais do Crea. Pretendemos ter um diálogo com a categoria, procurando interagir o profissional, o Crea e a sociedade”, afirma João Divino. Segundo ele, essa aproximação será feita por meio de palestras, cursos e seminários.

Leia mais:  Moro é o ministro melhor avaliado do governo Bolsonaro, diz Datafolha

Com um intenso trabalho de interiorização nos últimos anos, o Crea-MG atua para estar cada dia mais perto dos profissionais, das cidades e da sociedade. Esse trabalho é feito por meio das Inspetorias e Escritórios de Representação distribuídos por todas as regiões do estado. Atualmente, são 81 unidades de atendimento que oferecem, entre outros serviços, o registro de profissionais e empresas, orientações sobre Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), emissões de certidões, taxas e formulários.

 O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, cuja primeira gestão teve como uma de suas marcas a interiorização, garante que gestores públicos municipais e privados, e a população em geral, podem ter certeza que essa política de proximidade vai continuar e será fortalecida. “Temos um compromisso de diálogo com os profissionais e com suas inserções cada vez maiores no dia a dia, na vida das cidades e das pessoas, sempre em prol do bem comum. E nada nos moverá disso”, afirma Lucio Borges.

Atuação

O Crea-MG verifica e fiscaliza o exercício e as atividades de engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia, amparado pela Lei Federal 5.194/1966. A função do Conselho é defender a sociedade da prática ilegal das atividades técnicas, exigindo a presença de profissionais legalmente habilitados, com atribuições específicas, na condução dos empreendimentos das áreas da engenharia, da agronomia e das geociências.

Leia mais:  Ação conjunta da Polícia Civil e Militar resulta na prisão de suspeitos de homicídio em Frutal

Por: Crea-MG

Comentários Facebook
publicidade

CIÊNCIA E SAÚDE

Mais de 50 autuações e notificações são registradas por descumprimento a decretos durante aniversário de Uberaba

Publicado

Balanço compreende ações realizadas entre os dias 26 de fevereiro até 2 de março; Decretos 222 e 306 ditam medidas de enfrentamento à Covid-19.

Mais de 50 autuações e notificações foram realizadas por descumprimento aos decretos de enfretamento à Covid-19 em Uberaba durante o feriado de aniversário da cidade. A prolongação do feriado ocorreu entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março para comemorar os 201 anos da cidade.

De acordo com a Prefeitura de Uberaba, foram 47 autuações e oito notificações referentes a descumprimentos dos decretos municipais 222/2021 e 306/2021, que adotam medidas de enfretamento a pandemia de Covid-19. O descumprimento destes decretos pode resultar em multa de R$ 586,94 a R$ 5.869,40 na primeira autuação e o dobro em casos de reincidência. Para estabelecimentos comerciais, também há a possibilidade de interdição.

Durante o feriado, o Departamento de Posturas de Uberaba lavrou 17 autuações e sete notificações, que resultaram na interdição de um bar e uma boate. Outras 30 autuações e uma notificação foram lavradas pela Guarda Municipal (GM). Segundo o comandante da GM, a maioria das autuações nestas datas foram de eventos familiares e pessoas transitando sem o uso de máscara.

Leia mais:  Proposta de reforma administrativa repercute entre senadores

Denúncias de festas clandestinas ou aglomerações na cidade podem ser feitas através do Escuta Ativa (0800-940-0101) e pelo Setor de Posturas (3331-2312 e 3331-2313), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30. Em finais de semana e feriados, as denúncias podem ser feitas pelos telefones da GM (153) e da Polícia Militar (190).

Por: G1 Triângulo e Alto Paranaíba

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana