conecte-se conosco


Entretenimento

Após fraca estreia da Apple, Disney é único obstáculo da Netflix no Brasil

Publicado em

Entretenimento

source

Quando a empresa fundada por Steve Jobs anunciou seu projeto streaming, a expectativa foi alta, pois, além da concorrência com a Disney e a Netflix, existia a proposta de produzir atrações orçadas em US$ 6 bilhões. Na última sexta-feira (01), a Apple TV+, finalmente, estreou, mas decepcionou o público ao chegar ao mercado com apenas oito títulos originais, sendo eles quatro séries, um documentário e três programas infantis. 

Leia também: Atriz de “Harry Potter” se casa com chefão da Playboy

Apple TV%2B arrow-options
Divulgação

Apple TV+


Leia também: Longe da versão Disney, “Aladdin” ganha montagem refinada e moderna no Brasil

Além de decepcionar no volume de produções originais, os dois carros-chefes da Apple TV+, “The Morning Show” e “See”, recebram duras críticas de jornalistas, como Raquel Carneiro, da Veja , que chegou a afirmar que o streaming é “a prova de que nem sempre dinheiro é garantia de qualidade”.

Leia também:Maisa se irrita e dispara: “Tenho direito de fazer o que bem entender”

Com o fraco lançamento do serviço da Apple , a única ameaça para a Netflix em solo brasileiro agora é a Disney, que promete trazer sua plataforma para o País em 2021.

Leia mais:  Pela terceira vez consecutiva, Jane Fonda é presa após protestos
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Luciana Gimenez vai à Justiça contra Fontenelle e pede R$ 10 mil de indenização

Publicados

em

Por

source
Luciana Gimenez
Reprodução YouTube

Luciana Gimenez


Após a polêmica recente entrevista de Jorge Kajuru ao canal de Antônia Fontenelle, no Youtube, na qual ele chamou Luciana Gimenez de “mulher de programa”, a apresentadora da RedeTV! abriu uma ação judicial contra a ex-mulher de Marcos Paulo. O processo de número 1003538-0720218260011 tramita no Foro Regional de Pinheiros, da Comarca de São Paulo, SP.

Gimenez pede que Antônia seja condenada a indenizá-la por danos morais, com um valor superior a R$ 10 mil, por ter sido “omissa como entrevistadora”. Além disso, por meio de tutela de urgência, pede que a influenciadora digital seja proibida de citar seu nome publicamente em qualquer veículo de imprensa ou plataforma digital para divulgar informações referentes à sua intimidade, sob pena de multa de no mínimo R$ 20 mil em caso de descumprimento.

Em entrevista à Antônia, o senador Jorge Kajuru – que já é alvo de uma queixa-crime protocolada pelos advogados de Luciana Gimenez no Superior Tribunal Federal (STF) – chamou a apresentadora de ‘mulher de programa’ e de “desqualificada”.

“E sobre a Luciana Gimenez, eu não tenho nada a falar, não falo sobre mulher de programa, Dane-se. Ela já me processou, pode processar de novo. É uma mulher desqualificada, tanto que virou o que virou por 30 segundos com Mick Jagger. Ou você acha que foi por amor? Evidente que não. E ela sabe que eu sei da história toda na casa do Olavo Monteiro de Carvalho né, ela foi contratada para ficar com o Mick Jagger e eu falei isso mesmo, porque para mim ela não tinha respeito com os colegas. Eu trabalhei com ela na RedeTV!, ela chegava como se fosse dona, depois acabou se casando com um dos sócios da Rede TV!, para você ver que a vida dela sempre foi de interesse”, disse o político.

Leia mais:  Maria Rita fala sobre trabalho de Romero Britto: "A arte dele não me emociona"
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana