conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

Alunos do Colégio Unifev comemoram a troca de faixas do judô

Publicado

15 estudantes de várias idades conquistaram as cores cinza, azul e laranja; judocas receberam também um certificado de participação

O céu noturno estava fechado de nuvens lá fora, mas o Auditório da Cidade Universitária radiava com a alegria dos alunos do Colégio Unifev. Na noite da última terça-feira (dia 03), 15 estudantes da Escola trocaram suas faixas de judô.

Na presença da diretora do Colégio, Profa. Esp. Terezinha Joana Carvalho do Amaral, da coordenadora Profa. Esp. Maria da Cruz Martins Viola, de colaboradores da Escola, além dos pais e familiares dos pequenos judocas, os atletas, que retomaram o treinamento no início do segundo semestre, comemoraram a conquista pelas faixas de cores cinza, azul e laranja, entregues pelo sensei Leonardo Rodrigo Eduardo Rodrigues, juntamente dos certificados.

“No judô, a mudança de nível é um momento de muita gratidão pelo completar de um ciclo e a chegada de outro. Todos se empenharam, com muita dedicação, para chegar até aqui. O resultado foi excelente”, destacou o sensei.

A arte marcial, que é uma atividade extracurricular oferecida pelo Colégio, não gera acréscimo na mensalidade. Realizada duas vezes por semana no Conjunto Poliesportivo Prof. Lindolfo Pellegrini, os horários são alternativos ao do ensino regular, de modo a complementar os conhecimentos e experiências dos alunos.

Leia mais:  NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES DE ITURAMA TOMAM POSSE HOJE

Na oportunidade, a diretora também destacou as novidades programadas para o próximo ano, entre elas as aulas de RobóticaEscolinha de Futebol e o Programa Complementar de Inglês e Espanhol. “Os estímulos educacionais e sociais não param aqui no Colégio, nossa equipe está buscando constantemente novidades para complementar a grade de aulas”, explicou.

As matrículas para o ano letivo de 2020 já estão abertas. Mais informações podem ser obtidas diretamente na Secretaria do Colégio, pelo telefone (17) 3405-9971.

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Minas Gerais é o estado com mais redações nota 1.000 no Enem 2019

Publicado

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram nessa sexta-feira (17) as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, e Minas Gerais foi o estado com o maior número de redações nota máxima: 13, em um total de 53 no país.

A maioria dos estudantes que receberam essa nota foram mulheres: 32, ou seja, aproximadamente 60% do total. Das 13 notas 1.000 em Minas, 10 foram foram de mulheres. Entre elas, a estudante Stela Terra Lopes, de 18 anos. A jovem teve poucas aulas de redação na Escola Estadual Sagrada Família 2, localizada no região Leste de Belo Horizonte, ao longo do ano.

O tema desta edição foi Democratização do acesso ao cinema no Brasil. O texto deveria ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de ideias oferecidos pelos textos motivadores presentes no exame.

As redações com nota máxima são de estados do Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste: Alagoas (1); Bahia (1); Ceará (6); Distrito Federal (2); Goiás (4); Maranhão (1); Mato Grosso do Sul (1); Minas Gerais (13); Paraíba (1); Pará (2); Pernambuco (1); Piauí (2); Rio Grande do Norte (3); Rio Grande do Sul (3); Rio de Janeiro (6); São Paulo (4).

Leia mais:  Show em Comemoração ao Aniversário de São Francisco de Sales

Redações com menos de sete linhas recebem nota zero, assim como as que reproduzem integralmente trechos dos textos motivadores e de itens do Caderno de Questões.

Por: O Tempo

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana