conecte-se conosco

POLÍTICA

“Ação totalitária e antidemocrática”, diz ministério sobre divulgação de dados

Publicado

source
pessoa de capuz
Reprodução

Dados foram divulgados pelo Anonymous Brasil

O ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos publicou na manhã desta terça-feira (2) uma nota sobre o  vazamento de dados pessoais da ministra Damares Alves, divulgados pelo grupo Anonymous Brasil na noite da segunda-feira (1).

Na publicação, o ministério repudia a “divulgação criminosa de dados”, afirma que essa é uma violação aos “direitos fundamentais à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” e pede que os responsáveis sejam identificados e processados.

Leia também: Em vídeo, Anonymous exalta protestos e ameaça expor crimes da polícia dos EUA

“A divergência de ideias jamais deveria ser justificativa para a prática de ação totalitária e antidemocrática como esta”, afirma publicação. Além dos dados da ministra Damares, dados do ministro da Educação, Abraham Weintraub, do presidente Jair Bolsonaro e de dois dos filhos dele, o deputado Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro, foram divulgados.

O perfil responsável pelas publicações foi derrubado pouco após a divulgação das informações.

Leia mais:  Bolsonaro não desrespeitou Greta 'do ponto de vista gramatical', diz porta-voz

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Após encontro com Bolsonaro, Skaf está internado e tem a Covid-19

Publicado

por

source
Paulo Skaf e Jair Bolsonaro apertam as mãos
Alan Santos/PR

Paulo Skaf e Jair Bolsonaro se encontraram no último dia 3


O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, está com a Covid-19. O diagnóstico foi confirmado após exames realizado nesta terça-feira (14). O primeiro teste deu negativo .


Skaf se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no último dia 3, cinco dias antes da confirmação de que o presidente testou positivo para a doença .

Ele havia realizado um teste, que deu negativo. No entanto, após se sentir indisposto na última segunda-feira (13), refez os exames. Ele teve febre.

Skaf está atualmente internado no Hospital Sírio Libanês e está com sinais de pneumonia leve. Ele é acompanhado por José Medina, David Uip e Roberto Kalil Filho.

Comentários Facebook
Leia mais:  Collor sobre governo Bolsonaro: "Se continuar assim, não pode dar certo"
Continue lendo

Mais Lidas da Semana