conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

Abrigo ao Idoso Sol Nascente de Iturama agora conta com o Projeto “Centro Dia”

Publicado

Além dos serviços de excelência já oferecidos pelo Abrigo ao Idoso Sol Nascente, neste ano de 2020 foi implantado um novo projeto, denominado “Centro Dia”, que funcionará como uma creche para idosos, onde os familiares levam o idoso pela manhã, ele fica o dia todo, recebe alimentação e medicação necessária e retorna para casa no final do dia.

A tesoureira, Telma Souza, explicou que a ideia do novo projeto surgiu a dois anos atrás e que agora foi possível implantar. “O objetivo desse projeto é trazer o idoso para que a gente cuide dele durante o dia, onde ele estará recebendo toda a assistência e alimentação, facilitando daquela família que precisa trabalhar e as vezes não tem com quem deixar o idoso que requer alguns cuidados especiais”, explicou.

A família que necessitar que algum idoso ingresse neste projeto, deve procurar pessoalmente o Abrigo ao Idoso Sol Nascente ou entrar em contato, através dos telefones: (34) 3411-6609/ (34) 99672-8171. A direção do abrigo vai encaminhar um profissional da Assistência social para fazer a triagem do idoso e da família para analisar que ele preenche os requisitos para ingressar no Centro ao Dia.

Leia mais:  Setor sucroenergético de MG quer aumentar número de mulheres na produção

O Abrigo ao Idoso Sol Nascente de Iturama, atualmente conta com 28 idosos, que residem na instituição recebendo cuidados de vários profissionais que revezam turnos para garantir o atendimento aos moradores da Instituição.

De acordo com presidente em exercício, Dr. José Carlos (Zezinho), o abrigo tem estrutura para receber até 35 idosos.

A direção aproveita para agradecer todos os colaboradores que de uma forma ou de outra contribuem para o bom funcionamento do Abrigo ao Idoso Sol Nascente.

Comentários Facebook
publicidade

ITURAMA E REGIÃO

Prazo para eleitor regularizar título termina em maio

Publicado

Quem não estiver em dia com documento, não poderá votar nas eleições

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Para regularizar o título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral próximo a sua residência, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE) e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Leia mais:  Novo curso de extensão da UNIFEV abordará técnicas de limpeza de pele

A situação de cada eleitor pode ser verificada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Se necessário, o segundo turno será no dia 25 do mesmo mês. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar.

Por: Limeira Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana