conecte-se conosco


Policial

Abertas as inscrições para alistamento militar obrigatório

Publicado

Desde o início do ano está aberto o prazo de inscrição para o alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino que completam 18 anos durante o ano de 2021. O prazo iniciou em 1º de janeiro e vai até 30 de junho. A prestação de serviço militar tem duração de 12 meses. As inscrições online podem ser feitas pelo site www.alistamento.eb.mil.br.

Para a inscrição online é necessário ter em mãos os seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de endereço com CEP, endereço de e-mail e telefone. Após preencher o formulário, o candidato pode acompanhar os próximos passos no mesmo site. O acesso é feito com o número do CPF e a senha criada no momento do cadastro.

Para quem não tem acesso à internet, a inscrição deve ser feita em uma Junta do Serviço Militar (JMS), mais próxima da sua residência. Nesse caso, o jovem deve apresentar certidão de nascimento ou prova equivalente e comprovante de residência ou declaração firmada por ele.

Casos especiais
Em alguns casos, o alistamento só pode ser feito presencialmente. É a situação do jovem que for arrimo de família, ou seja, o único responsável pelo sustento da família. Nessa situação, o jovem deve apresentar um requerimento pedindo dispensa de incorporação e também apresentar documentos que comprovem sua condição de arrimo.

Leia mais:  Trio é preso com drogas e pássaros silvestres na MGC-497, em Iturama

Outra situação é para os jovens que se enquadrem na condição de pessoa com deficiência. De acordo com o Ministério da Defesa, para solicitar a dispensa o “portador de necessidade especial física aparente, entregará requerimento solicitando isenção do serviço militar e atestado médico com diagnóstico de incapacidade e o respectivo CID, que é a Classificação Internacional de Doenças”.

Caso a pessoa não tenha condição de comparecer à JSM por incapacidade absoluta, ele poderá ser representado por tutor ou curador.

Nome social
A legislação prevê ainda a a possibilidade de o jovem se alistar com o nome social. Nesse caso, o jovem deve se dirigir à junta militar com certidão de nascimento ou equivalente, comprovante de residência, documento oficial com foto, como: carteira de identidade, de trabalho, profissional ou passaporte e requerimento para uso de nome social, disponível neste endereço.

Para quem mora no exterior, é necessário dirigir-se à repartição consular com certidão de nascimento, comprovante de residência e documento oficial com foto.

A seleção dos jovens para ingresso nas Forças Armadas ocorre no período de 1º de julho a 28 de outubro. A primeira etapa é um teste de conhecimentos gerais, seguido de exames médicos e psicotécnicos. Após o resultado, os jovens podem ser incorporados ou dispensados do serviço militar. Caso seja dispensado, o jovem recebe o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI). Ele participa de uma cerimônia onde se compromete a se apresentar futuramente, caso seja necessário.

Leia mais:  Governador diz que policiais militares vão usar câmeras nas fardas em SP

 

 

Por: Brasil | Agência Brasil

Comentários Facebook
publicidade

Policial

PM: novo edital para 2,7 mil soldados de 2ª classe é lançado

A abertura deste concurso público foi autorizada pelo despacho do governador João Doria publicado no DOE, de 25 de janeiro de 2020.

Publicado

Foi publicado no DOE (Diário Oficial do Estado), deste sábado (9), o edital para selecionar 2.700 soldados de 2ª classe que irão atuar nas unidades da PMESP (Polícia Militar do Estado de São Paulo). O curso de formação tem duração média de um ano e é realizado na Escola Superior de Soldados “Coronel PM Eduardo Assumpção”, na zona norte da Capital, e nos núcleos de formação no interior, à ela subordinados.

A abertura deste concurso público foi autorizada pelo despacho do governador João Doria publicado no DOE, de 25 de janeiro de 2020.

O edital na íntegra poderá ser conferido no site da Imprensa Oficial, no caderno Executivo I – seção Concursos Públicos, a partir da página 197.

Inscrições

Os interessados na seleção poderão se inscrever das 10h de 14 de janeiro até às 23h59 de 25 de fevereiro deste ano, exclusivamente pelo site da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP, pagando uma taxa de R$ 57. O pagamento da taxa deverá ser feito, no máximo, até o 1º dia útil subsequente ao término do período das inscrições.

Leia mais:  Ladrão e procurado da Justiça são capturados pela PM

Principais requisitos

Os candidatos precisam ser brasileiros e ter entre 17 e 30 anos, exceto para aqueles que já pertencem aos quadros da PM paulista. É necessário estar em dia com suas obrigações eleitorais e militares e ser habilitado para condução de veículo motorizado entre as categorias “B” e “E”. Tatuagens são permitidas, desde que não faça alusão à discriminação, violência ou seja ofensiva à PM ou aos direitos humanos. As mulheres interessadas necessitam de altura mínima de 1,55 metro e os homens, de 1,60 m.

Para ser um futuro soldado da PM, o participante precisa ter concluído o ensino médio ou equivalente e passar em todas as etapas do concurso dentro do número e vagas.

Salário e atribuições

A remuneração inicial do aluno-oficial é de R$ 3.318,53, incluindo o salário-base, o Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e o valor de insalubridade.

As atribuições do cargo de Soldado PM de 2ª classe são o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública.

 

 

Por: Região Noroeste

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana