conecte-se conosco


Tecnologia

Jovem cria jogo para pedir a namorada em casamento no interior de SP

Publicado em

Tecnologia

Um morador de Tupã (SP) decidiu usar a criatividade para pedir a namorada em casamento. Contrariando o ditado de quem tem sorte no jogo não tem no amor, o agente publicitário só entregou a aliança depois que a futura noiva passou por todas as fases de um jogo de computador criado por ele.

Bruno Sobhie contou ao G1 que ele e a namorada costumam jogar vários tipos de games juntos, inclusive por meio de aplicativos no celular. Os favoritos do casal, que está junto há 5 anos, são aqueles em que podem competir entre eles.

“A gente joga todo tipo de jogo, qualquer um que dê para competir. A gente gosta dessa competição saudável”, conta Bruno.

Por causa disso, o agente publicitário aproveitou o hobby do casal e a vontade que sempre teve de criar um jogo para fazer o pedido especial. Através de uma plataforma gratuita na internet, Bruno desenvolveu um game com vários obstáculos e desafiou a namorada, Karen Kassagui Ferrari.

Após o "sim", Bruno Sobhie divulgou nas redes sociais as fotos do resultado de sua aventura como criador de games: "Não esperava que ela fosse chorar" — Foto: Arquivo pessoal

Após o “sim”, Bruno Sobhie divulgou nas redes sociais as fotos do resultado de sua aventura como criador de games: “Não esperava que ela fosse chorar” — Foto: Arquivo pessoal

Leia mais:  Aviso de acesso à localização: entenda o lembrete de permissões de aplicativos no Android

O jogo Karen’s Adventures mostra o caminho da casa da esteticista até a casa de Bruno. No meio do caminho, a personagem é surpreendida com baratas, lava de vulcão e fantasmas.

“O processo para produzir o jogo começou um mês antes. Usei um motor gratuito onde você pode criar jogos e publicar de graça. Foi o primeiro que criei, usei para aprender mesmo a criar”, explica Bruno.

Quando chegou o dia especial, Bruno pediu à namorada que o ajudasse a testar o novo game. Ela passou por todas as fases e, quando a personagem da Karen chegou à casa de Bruno, corações preencheram a tela e ele a pediu em casamento.

A surpresa também teve direito a um pedido presencial. Quando Karen olhou para trás, Bruno estava com a aliança nas mãos e ela ficou emocionada.

Por: G1

Comentários Facebook
Propaganda

Economia

Banco do Brasil libera uso do PIX em seu bot para WhatsApp

Publicados

em

Aproveitando a boa recepção do público, o Banco do Brasil se tornou a primeira instituição financeira do país a liberar o uso do PIX pelo WhatsApp. A novidade foi anunciada nesta semana e funciona de forma relativamente simples.

O usuário só precisa chamar o Banco do Brasil no WhatsApp (61 4004-0001), cadastrar sua conta e escrever a palavra PIX. Após isso, o mensageiro deve exibir um menu com as opções de pagar, receber ou cadastrar chave PIX.

Imagem/Reprodução: mobiletime

O bot usado pelo Banco do Brasil foi anunciado no ano passado e já faz uma série de outras operações. Caso o usuário já tenha se cadastrado no PIX, o uso da ferramenta no WhatsApp é ainda mais fácil:

Em casos de pagamento, o assistente virtual deve solicitar a chave PIX do recebedor e o valor. O banco deve informar o nome e a instituição de destino para confirmar a transação. Caso tudo esteja certo, basta apenas responder “sim” para receber um link seguro onde será necessário digitar a senha. Após essa etapa, o comprovante é exibido no mensageiro e pode ser compartilhado.

Caso o usuário queira receber, basta apenas escolher a opção no menu e informar a chave de recebimento, valor e descrição. Assim, o WhatsApp deve exibir um QR Code para ser compartilhado com o pagador. Vale lembrar que o Banco do Brasil é parceiro do sistema de pagamentos do WhatsApp, que ainda não foi liberado pelo Banco Central.

Leia mais:  Aviso de acesso à localização: entenda o lembrete de permissões de aplicativos no Android

FONTE: https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n166485/banco-do-brasil-pix-whatsapp-bot-pagamentos.html

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana